25 de out de 2010

A fé sem atos é morta!!! 
Tiago 2
Raquel Bezerra

A fé sem atos é morta!!! O amor de Deus constrange a nos tornarmos responsáveis por almas que clamam diariamente por ajuda, por uma mão estendida. O que temos feito? Meu Deus, Meu Deus, diante de tanta miséria, fome, será que nosso coração se importa com tamanha dor? Ou fazemos parte já de um sistema hipócrita, mesquinho, que não se importa com ninguém, não apenas com relação ao alimento, mas até mesmo a omissão de fazer o bem a essas pessoas estando em nossas mãos o poder de fazê-lo. Isso me faz pensar e refletir muito a respeito da vida, do que está escrito na Palavra do Senhor em  Tiago 2, sobre acepção de pessoas, de uma fé mutilada e morta, movida pelos sórdidos pensamentos desse século, motivada pela ganância do enriquecer-se, do dizer: Vai em paz, enquanto que milhares de pessoas definham por não terem o que comer. Fazemos tudo errado... a fé sem atitude prática é morta, bem como essa prática motivada erroneamente é morta também (Mt 6:1- "Guardai-vos de exercer a vossa justiça diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles; doutra sorte, não tereis galardão junto de vosso Pai celeste".), A verdadeira fé compele o verdadeiro cristão a fazer o que é bom, porque lhe é algo intrínseco (Ef. 2:10 - "Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas."); Fico imaginando a seguinte cena narrada em Mt 9:35 e 36: "E percorria Jesus todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades. Vendo ele as multidões, compadeceu-se delas, porque estavam aflitas e exaustas como ovelhas que não têm pastor." A atitude de Cristo  ao ver as multidões foi de ter compaixão, usar de misericórdia para com a humanidade caída, desamparada, aflita, realidade da época e de hoje também. Misericórdia é algo  que se faz presente onde existe sofrimento e miséria. E segundo a Bíblia, não consiste em sentir pena de alguém que sofre, mas ser movido por compaixão que resulta numa ação para ajudar  aquele que sofre, agir em favor dele. Isso foi ensinado pelo próprio Jesus na parábola do bom samaritano. O fato é que Jesus praticava o que ensinava. E nós, o que temos feito? Que Jesus aja em nossos corações e nos motive a sermos misericordiosos como Ele mesmo foi, a sermos sensíveis a crianças, adultos, idosos, que clamam por nossa compaixão, pois como está escrito em Oséias e que foi relembrado por Jesus em Mateus 9:13- "Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício."  (Os 6:6 e Mt 9:13) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário