31 de out de 2010

Curiosidade: Tarsius/Tarsier

Tarsius/Tarsier



Não, não é o Et de varginha - Tarsius é um gênero de primatas, pertecentes à família Tarsiidae, a única com representantes atuais dentro da infraordem Tarsiiformes. Apesar do grupo outrora ter sido comum, todas as espécies atualmente viventes são encontradas em ilhas no sudeste da Ásia e restritos a algumas ilhas do sudeste asiático, incluindo Filipinas, Sulawesi, Bornéu e Sumatra.  Os achados paleontológicos na Tailândia e China indicam que esta família é endêmica das florestas do sul da Ásia, onde habita pelo menos desde o período Eoceno.

Társios são animais pequenos com olhos enormes; cada globo ocular tem aproximadamente 16 mm de diâmetro e é tão largo quanto seu cérebro inteiro. Társios também possuem membros posteriores bastante alongados. De fato, seus pés possuem tarsos extremamente alongados, os quais emprestam o nome ao animal. A cabeça e o corpo medem juntos entre 10 e 15 cm de comprimento, porém os membros posteriores medem o dobro (incluindo os pés). Apresentam uma longa cauda nua e fina, com um tufo de pêlos na ponta, que pode medir entre 20 a 25 cm de comprimento. Seus dedos são também alongados, com o terceiro dedo tendo quase o mesmo tamanho da parte superior do braço. A maioria dos dedos apresentam unhas, porém o segundo e terceiro dedos dos pés possuem garras, as quais são usadas para segurar na árvore. Társios são delgados, com pelagem aveludada e de coloração amarelada, bege ou ocre.
Para manter-se agarrado, após um pulo, o társio utiliza um tipo de "adesivo natural" que existe em seus dedos, que o ajuda a segurar-se nos galhos.
Os társios pesam menos de 200 gramas e possuem 34 dentes. Todas as espécies de társios são noturnas. Eles são principalmente insetívoros e capturam os insetos pulando sobre eles.A gestação dura aproximadamente seis meses e a fêmea dá a luz a um único filhote. Jovens társios já nascem peludos e com os olhos abertos, e são capazes de escalar em seu primeiro dia de nascimento. Quando enjaulados, társios são conhecidos por ferir ou até mesmo matar indivíduos da sua espécies, devido ao estresse. Um local com relativo sucesso na restauração populacional dos társios está na ilha de Bohol, na região central das Filipinas
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tarsius

Vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário