31 de out de 2010

Rã do tamanho de uma ervilha é descoberta na ilha de Bornéu

Cientistas conseguiram rastrear os anfíbios, que medem 12 milímetros, por causa do barulho que eles emitem no pôr-do-sol
25/08/2010
Fonte:http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/meioambiente/sapo+do+tamanho+de+uma+ervilha+e+descoberto+na+ilha+de+borneu/n1237760449619.html
Foto: Reuters

A nova espécie de minirrã sobre a ponta de um lápis
Cientistas descobriram uma rã do tamanho de uma ervilha, a menor já encontrado na Ásia, na África ou na Europa, na ilha de Bornéu, no sudeste asiático.
Os machos adultos da nova micro-espécie variam entre 10,6 e 12,8 milímetros de tamanho e o anfíbio recebeu o nome de Microhyla nepenthicola, em homenagem à planta de Bornéu onde vive o animal, de acordo com a revista de taxonomia Zootaxa.
O pesquisador Indraneil Das, do Instituto de Biodiversidade e Conservação Ambiental na Universiti Malaysia Sarawak, disse que a subespécie havia sido identificada anteriormente de forma errada nos museus.

"Os cientistas devem ter pensado que eram exemplares mais jovens de outras espécies, mas eles são adultos dessa microespécie recém-descoberta", afirmou.



Foto: Reuters

O anfíbio ao lado de uma moeda de 1 centavo de dólar: subespécie só foi reconhecida agora
As rãs foram encontradas na beira de uma estrada que leva ao cume da montanha de Gunung Serapi, no Parque Nacional Kubah, no Estado malaio de Sarawak.

Os cientistas afirmaram que rastrearam as rãs pelo seu barulho, que começava com o pôr-do-sol.

Depois, fizeram as rãs pularem num pedaço de pano branco para estudá-las.

O achado foi parte de uma pesquisa global conduzida pela Conservation International e pelo grupo especialista em anfíbios da União Internacional para a Conservação da Natureza do Grupo Especialista para "redescobrir" 100 espécies de anfíbios perdidos (www.conservation.org/lostfrogs).

Nenhum comentário:

Postar um comentário