9 de out de 2010

Astaxantina antioxidante contido em organismos marinhos



A Astaxantina é um carotenóide de coloração avermelhada e um dos principais antioxidantes presentes em organismos marinhos tais como algas, crustáceos e peixes. .Ao contrário de outros carotenóides, não se converte em vitamina A no corpo humano. O excesso de vitamina A pode ser tóxico ao corpo humano, mas a Astaxantina não. É um poderoso antioxidante, cerca de 10 vezes mais eficaz que outros carotenóides. A destacada proteção antioxidante da astaxantina se processa especialmente na interceptação de radicais peroxil (ROO.) e alcoxil (RO.) e no "quenching" de oxigênio singlete [O2(1Ag)]. Contudo, resultados recentes sugerem que a proteção antioxidante da astaxantina em membranas biológicas também se processa por outro mecanismo coadjuvante. Carotenóides hidroxilados ou que dispõem de grupamentos cerônicos -e.g. zeaxantina, astaxantina, luteína - apresentam características menos hidrofóbicas e, em decorrência disto, assumem uma orientação perpendicular ao plano delimitado pela bicamada lipídica. Esta disposição vertical da astaxantina em membranas reduz significativamente a permeabilidade da bicamada lipídica a inúmeras substâncias difusíveis, incluindo agentes oxidantes como o peróxido de hidrogênio (H2O2) e o óxido nítrico (NO). Sendo um componente nutricional natural, a astaxantina pode também ser encontrado em suplementos alimentares. Como complemento, poderá ser usado para consumo humano e animal, sendo utilizado na aquacultura. A produção de astaxantina para suplementos alimentares poderá ser tanto de fonte natural, como sintética.Poderá ter beneficios na saúde cardiovascular, no sistema imunitário, inflamações e doenças degenerativas. Tem também benefícios a nível do envelhecimento, em geral, e, especificamente, da pele, ajudando a combater os efeitos nocivos dos radicais livres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário